#15 Destruindo Infâncias: Procurando Nemo

8 Comentarios

Procurando FUCKING Nemo é um filme muito bonito, a não ser que você saiba um pouco mais sobre a biologia dos peixes-palhaço. O pessoal do Cracked revelou num artigo recente uma informação sobre esses animais que talvez você ache melhor não saber… Mas mesmo assim eu fiz questão de compartilhar aqui, pra que você perca a vontade de viver como aconteceu comigo quando eu soube.


OK, aula de biologia marinha: em uma colônia de peixes-palhaço, apenas um macho e uma fêmea se reproduzem. Isso porque todos os seres dessa espécie nascem machos.

Se é assim, como é que tem uma fêmea na colônia? Bem, eles não entraram nesses detalhes em Procurando Nemo  mas os peixes-palhaço são hermafroditas. E se a fêmea morre ou desaparece, o macho dominante é obrigado a ocupar o lugar dela. E aí quem passa a ser o macho dominante é o próximo peixe na “linha de sucessão”.

Está entendendo o que isso significa para o nosso querido filme? Como sabemos, a mãe e todos os irmãos do Nemo tiveram um triste destino logo no início da história. Ou seja, Marlin e Nemo passaram a ser os únicos membros da colônia.

Eu sei que você não está gostando do rumo que este texto está tomando, mas vamos lá: quando Marlin atravessou o oceano encarando todo tipo de perigo, ele não estava apenas tentando garantir a sobrevivência do filho… Ele queria poder repovoar a colônia.

O pessoal da Pixar (QUE SÃO UNS LOCO DO MAL VIRADO NA TERCEIRA PONTA DA ESTRELA DO JIRAYA) pesquisou um bocado sobre a vida marinha para fazer Procurando Nemo  então com certeza eles sabiam de tudo isso, o tempo todo. Mas provavelmente não ligaram porque não queriam perder a chance de ter como protagonista do filme um peixe com uma aparência tão peculiar e um nome engraçado.

“Mas é só um filme, a ficção não precisa ser 100% fiel à realidade, essa coisa toda de hermafrodita não se aplica à história deles”… É, eu sei, essas são as coisas que você está dizendo para si mesmo para evitar ter pesadelos hoje à noite. Mas agora é tarde. Você nunca mais vai ver Procurando Nemo da mesma forma.

Vão pela sombra, Equipe Eutanásia.

#Compartilhar: Facebook Twitter Google+ Linkedin Technorati Digg

8 comentários:

  1. fio da mae !' kkkk ferro com a historia T.T

    ResponderExcluir
  2. Cara eu sou meia lerda pra entender as coisas...pois não entendi O.o

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Resumindo brevemente... O pai do Nemo não estava APENAS procurando o próprio filho, mas sim também para reproduzir a espécie.

      Excluir
    2. Resumindo brevemente... O pai do Nemo estava procurando ele (o Nemo) para reproduzir a espécie com ele (pai do Nemo)

      Excluir
  3. O que eu entendi foi que o pai virou a fêmea e agora o filhinho e o machão...

    ResponderExcluir
  4. Estou traumatizada, enojada e maravilhada com isso.

    ResponderExcluir

Não serão aceitos comentários com conteúdo: racista, homofóbico, preconceituoso, maldoso, ou de qualquer índole duvidosa que possam a infringir ou ferir a moral de qualquer um.

Se por acaso o comentário é sobre alguma duvida com relação a postagem, tenha CERTEZA de que está duvida não esteja transcrita na postagem. Ficaremos contentes em tentar responde-lá.

Todas as afirmações contidas nos comentários são de responsabilidade do comentador, o blog Eutanásia Mental, não tem obrigação nenhuma sobre qualquer ato ofensivo nos comentários.

Tudo bem errar uma palavra ou outra, esquecer de algum acento também esta beleza. Agora se escrever tudo errado e não ser possível entender um nada, o comentário não será liberado.

Obrigado pela atenção. Comente e faça um blogueiro feliz :-)